A Chegada | “Estamos perdendo o dom da comunicação”, diz Amy Adams

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Amy Adams usou sua entrevista no Festival de Toronto 2016 para falar da mensagem de A Chegada, sua ficção científica ao lado do diretor Denis Villeneuve (Sicario).

“Na mídia de hoje, o conteúdo importa mais que a intenção, porque não vivemos em uma era de comunicação face-a-face mais, e isso é assustador. Estamos perdendo o dom da comunicação. Para falar com alguém de verdade, você precisa olhar nos olhos dela, para você ser entendido. Nosso filme é sobre isso”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“E ele é também a história de uma mulher, o que é tão raro na ficção científica e em Hollywood em geral. Quando você, como atriz, recebe um papel tão rico e multifacetado, é um presente e tanto. Minha personagem reflete o que as mulheres de verdade são ao meu ver: não são 100% intelecto, nem 100% vulnerabilidade emocional. Foi lindo ver uma mulher que é um ser humano de verdade, cheio de camadas e dimensões”, continuou.

“É minha primeira ficção científica, e quando penso sobre isso… para mim, é como teatro musical [risos]. Você finge que não é absurdo esses personagens simplesmente começarem a cantar um para o outro, ou se comunicarem com alienígenas. Não é muito diferente. Trabalhamos muito nisso, para tudo parecer crível, e adorei trabalhar esses temas”, confessou a estrela.

Confira o primeiro trailer do filme

Amy Adams e Jeremy Renner estrelam o filme. Baseada no romance “Story of Your Life”, publicado por Ted Chiang em 1998, a trama de A Chegada acompanha um linguista que é trazido para ajudar o governo a se comunicar com alienígenas quando eles chegarem à Terra.

A Chegada será lançado em 10 de novembro no Brasil.

Erro no pôster do filme provoca ira dos moradores de Hong Kong

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio