Bilheteria EUA | O Homem nas Trevas mantém a liderança

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O Homem nas Trevas manteve a liderança nas bilheterias americanas em um fim de semana sem grandes novidades. Fazendo mais US$ 15,3 milhões, o novo terror do diretor Fede Alvarez (remake de A Morte do Demônio) agora soma US$ 52,4 milhões nos EUA, uma ótima arrecadação para seu orçamento de US$ 10 milhões.

Em O Homem nas Trevas, três adolescentes conseguem se livrar de roubos perfeitamente planejados. Mas, quando eles estão prestes a realizar seu último crime, assaltar a casa de um senhor cego, o jogo muda e, encarcerados, os jovens precisam lutar por suas vidas contra um psicopata cheio de segredos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jane Levy, que trabalhou com Alvarez em A Morte do Demônio, lidera o elenco do filme, que também inclui Dylan Minnette, Stephen Lang e Daniel Zovatto. O roteiro e a direção ficaram a cargo de Fede Alvarez.

O Homem nas Trevas chega ao Brasil em 7 de setembro.

Esquadrão Suicida também segurou sua posição nas bilheterias, novamente ficando em segundo lugar com mais US$ 9,9 milhões. A adaptação de HQ da DC ultrapassou US$ 300 milhões nos EUA, superando a bilheteria doméstica de O Homem de Faço, e os US$ 600 milhões pelo mundo.

Crítica 1 | Crítica 2

Os 15 momentos mais ridículos do filme

Dirigido por David Ayer, Esquadrão Suicida foi lançado no Brasil em 4 de agosto.

Meu Amigo o Dragão, refilmagem do clássico filme de 1977 da Disney, subiu três posições e apareceu em terceiro lugar com US$ 9 milhões. A mistura de animação e live-action acumulou um total de US$ 66,8 milhões nos EUA.

O longa conta a história de um pequeno garoto órfão que passou a infância toda na floresta, tendo como melhor amigo Elliott, um enorme e peludo dragão verde. O elenco dessa refilmagem vem cheio de astros, incluindo Bryce Dallas Howard (Jurassic World), Karl Urban (Dredd), Wes Bentley (American Horror Story), Oona Laurence (Nocaute), Oakes Fegley (Sete Dias sem Fim) e Robert Redford (Capitão América 2: O Soldado Invernal).

Dirigido por David Lowery (Amor Fora da Lei), Meu Amigo o Dragão estreia no Brasil em 29 de setembro.

Kubo e as Cordas Mágicas manteve o quarto lugar com US$ 8,7 milhões. Nos EUA, a nova animação da produtora LAIKA, a mesma responsável por Coraline e Os Boxtrolls, totaliza US$ 36,4 milhões.

Narrada pelo personagem principal, a trama acompanha Kubo, um garoto japonês que embarca em uma grande missão para salvar sua família e o legado de seu falecido pai, o maior samurai que o mundo já conheceu. Inteligente e bondoso, Kubo passa a maior parte do tempo cuidando de sua mãe viúva e ganha a vida contando histórias. Certo dia, sua vida calma é interrompida quando ele acidentalmente invoca um espírito de seu passado que volta à procura de uma antiga vingança. Em fuga, o protagonista reúne forças ao lado de dois amigos (Macaco – dublado originalmente por Charlize Theron – e o Besouro, que traz a voz de Matthew McConaughey), e sai em uma emocionante busca para salvar sua família e resolver o mistério da morte de seu pai.

Dirigida por Travis Knight (Os Boxtrolls), a animação chega ao Brasil em 13 de outubro.

Festa da Salsicha, animação adulta produzida por Seth Rogen, perdeu três posições e fechou o top 5 com US$ 5 milhões. O longa juntou um total de US$ 89,4 milhões nos EUA.

A trama acompanha o drama de uma salsicha (dublada por Seth Rogen) e seus amigos (Kristen Wiig, Jonah Hill, James Franco), outros produtos de supermercado, quando descobrem que serão brutalmente mortos assim que chegarem à casa dos compradores. Eles então precisam encontrar uma maneira de voltar ao mercado e avisar os amigos o que realmente acontece com a comida.

Dirigida pela dupla Greg Tiernan e Conrad Vernon, Festa da Salsicha chegará aos cinemas brasileiros em 15 de setembro.

A Luz Entre Oceanos e Morgan foram as estreias da semana, mas não chamaram muita atenção. O primeiro, um drama romântico estrelado pelo casal da vida real Michael Fassbender e Alicia Vikander, fez apenas US$ 5 milhões em 1.500 salas e ficou em oitavo lugar; enquanto o último título, uma ficção científica produzida por Ridley Scott, foi ainda pior, chegando a US$ 2 milhões em 2.020 salas e nem sequer entrando no top 10.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio