Brad Pitt critica A Paixão de Cristo e quer fazer épico religioso “sem muito Jesus”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Há muitos anos o astro Brad Pitt está envolvido em um projeto sobre o governador de Roma que ficou famoso por mandar Jesus Cristo para a cruz, Pôncio Pilatos. Apesar de não haver novidades do projeto, que segue em desenvolvimento, Pitt voltou a falar sobre vontade de fazer um épico bíblico.

Brad Pitt detona detona Donald Trump: ‘Não entendo quem vota nele”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista à revista T, Pitt quis se distanciar de A Paixão de Cristo, de Mel Gibson, ao falar do projeto. “Certamente não vai ser para o mesmo público do filme de Gibson. Quando vi aquele filme, senti que estava vendo uma peça de propaganda religiosa, como um filme de L. Ron Hubbard [fundador da Cientologia]”, comentou.

“Meu filme sobre Pôncio Pilatos seria sobre um homem medíocre, ou ao menos um homem normal, preso em um lugar do qual não gosta, com pessoas que despreza. Será um épico bíblico sem muito Jesus”, detalhou.

Mel Gibson dá detalhes da sequência de A Paixão de Cristo

“Só para ser claro, eu adoro Apocalypto, só não gosto de A Paixão de Cristo”, completou, tentando amenizar os comentários sobre Mel Gibson, que também dirigiu Apocalypto.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio