Bruxa de Blair é “como todo reboot deveria ser”, elogiam críticos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A continuação Bruxa de Blair, dirigida por Adam Wingard, ganhou seus primeiros reviews nesta segunda-feira (12), recolhendo elogios da maioria da crítica. Muitos consideram o filme tão importante quanto o original, de 1999.

Confira alguns trechos:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

  • “Alguns vão elogiá-lo, outros vão odiá-lo, mas não se engane: Bruxa de Blair é um terror que vai mudar o jogo da forma como os fãs do gênero estavam esperando. Vai trazer uma nova onda de filmes de horror que tem a intenção de causar sensações no espectador antes de qualquer coisa” – Bloody Disgusting
  • “Os fãs do Bruxa de Blair original vão adorar, principalmente porque esse filme sai do seu caminho para fazer homenagens ao original – especialmente através de uma meticulosamente recriada direção de arte” – The Daily Beast
  • Bruxa de Blair é um inteligente e efetivo retorno a um filme amado por muitos, que não mancha o original de forma alguma, e certamente dá espaço para continuações. Se você precisa fazer um reboot, esse é o jeito” – Digital Spy
  • “Se o Bruxa de Blair original sinalizou o começo de um novo gênero e de uma nova era, essa continuação/reboot marca a sua possível morte, de forma barulhenta” – The Guardian
  • “Homenageando tanto o original, esse Bruxa de Blair é mais entediante do que teria direito de ser, e não reinventa nada. O número de personagens é maior, mas o rumo da trama é o mesmo” – The Hollywood Reporter

Diretor do original elogia continuação: “É assustadora e insana”

Assim como Rua Cloverfield 10, Bruxa de Blair também foi rodado de forma secreta, 17 anos depois do longa original. Seu lançamento no Brasil acontecerá no dia 15 de setembro.

Na trama, um grupo de universitários se aventura na floresta de Black Hills para desvendar os mistérios que cercam o desaparecimento da irmã de James, Heather Donahue (uma das personagens originais), que muitos acreditam estar ligado à lenda da Bruxa de Blair. No início, o grupo está esperançoso, especialmente quando uma dupla de moradores se oferecem como guias na floresta. Mas com o cair da noite, o grupo é surpreendido por uma presença ameaçadora e lentamente, eles começam a perceber que a lenda é real e muito mais sinistra do que imaginaram.

Dirigido por Adam Wingard (Você é o Próximo, The Guest), Bruxa de Blair é o terceiro filme da franquia depois de A Bruxa de Blair (1999) e Bruxa de Blair 2 – O Livro das Sombras (2000). Embora seja rotulado como sequência, o diretor Adam Wingard afirma que o novo filme também serve como um recomeço da franquia de terror.

Confira o trailer

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio