Morre produtor britânico de Cidade de Deus, incentivador do cinema brasileiro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Donald Ranvaud, o produtor britânico que teve mão em vários clássicos do cinema brasileiro e era conhecido por incentivar a produção cinematográfica em toda a América Latina, morreu subitamente durante o Festival de Montreal, onde estava como jurado.

Ranvaud tinha 62 anos. Seus créditos incluíam trabalho em Cidade de Deus, Central do Brasil, Lavoura Arcaica, Cidade Baixa e Madame Satã, entre outros filmes nacionais. Ele morava no Brasil desde 1994.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Cidade de Deus está entre os 100 melhores filmes do século XXI

Donald Ranvaud era também jornalista, fundando e contribuindo para a revista Framework entre 1975 e 1988, e mais tarde colaborando com veículos como The Guardian, Cahiers du Cinema e American Film.

Antes de vir ao Brasil nos anos 90, Ranvaud se destacou por incentivar outro mercado estrangeiro de cinema: o chinês. Ele teve crédito em um dos grandes clássicos do país, Adeus Minha Concunbina.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio