Split | Terror com James McAvoy é acusado de transfobia em proposta de boicote

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Split, novo terror do cineasta M. Night Shyamalan (Sexto Sentido, Corpo Fechado) com James McAvoy (o jovem Professor Xavier na franquia X-Men) no elenco, levantou uma inesperada polêmica: um abaixo-assinado pedindo pelo boicote do filme sob acusações de transfobia.

“Há muitas coisas problemáticas sobre o novo filme de Shyamalan. Estamos em um ponto na sociedade onde corpos masculinos com vestidos ou roupas consideradas femininas não deveriam ser mostrados como algo assustador, estranho ou ofensivo. Além disso, o filme mostra a doença mental como uma forma de assustar os espectadores, e não como um assunto sério que requer compaixão e discussão”, escreve a autora do abaixo-assinado, Sarah Rose.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No trailer de Split, McAvoy é um homem com múltiplas personalidades – algumas delas femininas -, e aparece de vestido e salto alto em certo momento. O abaixo-assinado nota que mostrar homens que se vestem de mulheres como vilões é algo comum no cinema de horror desde Psicose e O Silêncio dos Inocentes.

Confira o trailer de Split

Anya Taylor Joy (The Witch), Betty Buckley (Fim dos Tempos) e as novatas Jessica Sula e Haley Lu Richardson completam o elenco ao lado de McAvoy.

Jason Blum, produtor das franquias Atividade Paranormal, Sobrenatural e que recentemente trabalhou com Shyamalan em A Visita, também cuida da produção do novo horror do cineasta.

Split será lançado nos EUA em 20 de janeiro de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio