No Festival de Toronto, Michael Fassbender se colocou numa posição que muitos atores detestam estar: assistir a cenas de seus próprios filmes. Foi nessa “brincadeira” que ele acabou revelando não ter gostado de sua performance como Magneto em um dos filmes de X-Men – leia aqui.

Entre outras revelações surpreendentes sobre os filmes que já fez, Fassbender confessou ter tentado fazer coisas estúpidas para se livrar do papel de Steve Jobs na cinebiografia do criador da Apple.

Quando questionado pelo público sobre o seu filme mais difícil, Michael Fassbender respondeu, sem hesitar, Steve Jobs, culpando o roteirista Aaron Sorkin por isso:


“Ele escreveu tudo aquilo!”, exclamou o ator (via The Independent). “Foi tão denso! Uma montanha de textos, e eu aprendo devagar, então quando o roteiro chegou para mim e veio a oportunidade de interpretar o papel, eu realmente pensei, ‘Isso não é para mim, outra pessoa tem que interpretá-lo. Foi uma escalação errada’”.

Para permanecer no filme, Fassbender teve que ser convencido tanto por seu pai quanto por seu agente. No entanto, “durante os ensaios, eu tentava encontrar uma maneira de se livrar do papel”, continuou.

“Eu lembro de ter dito ao meu motorista, ‘Vou colocar meu braço na porta, e você bate ela para mim. Isso deve pausar o filme e me tirar desse trabalho’”, finalizou.

No final das contas, tudo saiu bem, com Michael Fassbender tendo sua atuação elogiada e sendo indicado ao Oscar.