Conversando com a revista InStyle, a atriz Emily Blunt falou sobre o trabalho de maquiagem necessário para seu papel em A Garota no Trem – segundo ela, próteses foram construídas para seu rosto parecer mais “bêbado e feio”.

“Eles fizeram uma prótese que colocava nos meus dentes, para parecer que estava com o rosto inchado. A maquiadora [Kyra Panchenko, que trabalhou em Kill Bill] passava sombra cinza nos meus olhos para parecer que tinha olheiras, e pintava veias de insônia e palidez por toda a minha cara”, disse a atriz.

A atriz ainda usou três lentes de contato, que davam novos tons a seus olhos: rosa para um pouco bêbada, vermelho para muito bêbada e amarelo para a ressaca.


A Garota no Trem não é uma psicopata, diz autora sobre comparação com Garota Exemplar
A Garota no Trem | Emily Blunt explica chocante cena que não está no livro

Blunt, que estrela o novo suspense dirigido por Tate Taylor, vive a personagem Rachel, uma alcoólatra desempregada que se envolve em um caso policial sobre o desaparecimento de uma mulher. De acordo com a atriz, a equipe no final optou por mudar o nome da personagem de Kudrow para Martha, porque eles tinham certeza que “iria provocar algumas risadas na exibição de teste”.

A Garota no Trem estreia em 24 de novembro. Rebecca Ferguson, Haley Bennett, Justin Theroux e Luke Evans integram o elenco.