A Hora do Pesadelo | Remake falhou porque “só foi feito para ganhar dinheiro”, diz ator

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Thomas Dekker, que participou do remake de A Hora do Pesadelo em 2010, conversou francamente com o Screen Geek e contou por que acha que o filme fracassou.

“Foi uma honra fazer parte do filme, não me entenda mal. Eu acho que o elenco era ótimo, tínhamos alguns indicados ao Oscar lá. Eu acho que também não podemos culpar o diretor, porque ele era um mercenário contratado para fazer com que o filme fosse bonito plasticamente, e isso ele fez”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Mas os filmes bons são os que são feitos para contar uma história, não para vender um produto. O estúdio pensou em uma ideia para um remake e pensou ‘ok, vamos fazer um pouco de dinheiro por isso’. O filme me interessou porque me disseram que íamos aumentar a mitologia do personagem e explorar ideias que não haviam sido exploradas antes”, disse.

Intérprete original do assassino tem ideia para continuação

A Hora do Pesadelo teve seis filmes, entre 1984 e 1991, e Krueger, ícone do terror, apareceu em mais três depois.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio