Durante o extinto programa Viva o Gordo, comandado por Jô Soares nos anos 80, um dos personagens de maior sucesso era o super-herói Capitão Gay.

O Vingador Tóxico, clássico trash dos anos 80, vai ganhar remake

Interpretado por Jô, o personagem repetia seu bordão: “É o Capitão Gay, gay, gay! Capitão Gay uuuuuuh!”. Ao seu lado, o fiel escudeiro Carlos Suely, interpretado por Eliezer Motta.


A produtora de cinema Zola agora quer trazer o personagem para as telonas. Matheus Souza, responsável pelo drama cômico Apenas o Fim, já entregou roteiro e vai dirigir o filme do Capitão Gay.

Atração Mortal | Filme dos anos 80 com Winona Ryder vai virar série