Ghost in the Shell | Filme com Scarlett Johansson é sobre falhas e tecnologia, diz estúdio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A presidente de distribuição e marketing da Paramount, Megan Colligan, explicou em entrevista ao Deadline a decisão de lançar os primeiros teasers da adaptação hollywoodiana de Ghost in the Shell no final da segunda temporada de Mr. Robot.

“A melhor coisa de estreias e finais de temporadas é que eles são como eventos esportivos: as pessoas querem assistir em tempo real. Graças à explosão das mídias sociais, agora há um certo temor de perder ou acabar descobrindo algum detalhe da trama através de spoilers. Nós sabíamos que, com o final de Mr. Robot, teríamos um impulso extra de pessoas compartilhando nas redes sociais”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda segundo a executiva, a estratégia de divulgar os trechos do filme na série se deu por conta da temática similar entre as duas produções:

Ghost in the Shell é um filme sobre falhas e tecnologia, e isso se encaixa perfeitamente com o tema de Mr. Robot. O filme é tão original dentro de seus próprios termos que precisávamos criar uma execução especial para alavancá-lo. Precisávamos de um lançamento que fosse tão único e original quanto a propriedade original. Vocês, em breve, vão descobrir mais sobre a falha, que é uma das partes mais importantes da narrativa. Era importante apresentar as primeiras divulgações para este longa como uma falha ao invés de usar algo mais tradicional”, afirmou Colligan, se referindo aos glitches que tomaram conta dos teasers.

“É uma história internacional, não japonesa”, diz produtor sobre críticas

Escrita por Jonathan Herman (Straight Outta Compton), a versão com atores de Ghost in the Shell será baseada no mangá sobre uma cirborgue das forças especiais (Scarlett Johansson) que comanda uma força-tarefa de elite chamada Seção 9 para a Hanka Robotics, dedicada a parar os criminosos e extremistas mais perigosos.

O grupo de terrorista tem como líder “O Homem que Ri” (Michael Pitt), um poderoso hacker meio humano e meio máquina, cujo único objetivo é acabar com os avanços da tecnologia cibernética da Hanka. Beat Takeshi Kitano (Battle Royale), Pilou Asbæk (Lucy), Sam Riley (Malévola) e Rila Fukushima (Arrow) completam o elenco.

A direção está a cargo de Rupert Sanders (Branca de Neve e o Caçador). Ghost in the Shell chegará aos cinemas em 31 de março de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio