Os fãs da saga Harry Potter sabem que muitos personagens presentes nos livros do bruxinho foram excluídos nas adaptações para o cinema e o travesso fantasma Pirraça foi um deles.

O diretor dos primeiros filmes da franquia, Chris Columbus, revelou em entrevista a Entertainment Weekly que o brincalhão personagem foi originalmente incluído em A Pedra Filosofal, mas na edição acabou sendo cortado, para sua infelicidade – e dos fãs.

Homem-Aranha | Chris Columbus quase dirigiu o primeiro filme do herói
Fã de Harry Potter presenteia esposa com uma Penseira


“Precisávamos cortar alguma coisa, porque o filme ficou com três horas de duração. Ele ia ser uma personagem completamente CGI e nos salvou uma quantidade considerável de dinheiro, mas também criou uma quantidade considerável de desgosto”, disse. “As filmagens existem então há a possibilidade de colocá-lo novamente no filme, se as pessoas realmente estiverem interessadas.”