Inferno, a conclusão da trilogia iniciada por O Código Da Vinci e Anjos & Demônios, pode ter se dado muito bem em sua estreia adiantada no mercado internacional (o filme já passou de US$100 milhões), mas o público americano não está exatamente morrendo de ansiedade para ver a continuação.

Segundo especialistas, o filme deve estrear com US$25 milhões, um número baixíssimo se comparado aos outros da franquia – vale lembrar, no entanto, que Inferno foi feito por muito menos, com orçamento de US$75 milhões.

O filme com Tom Hanks é a única grande estreia do fim de semana nos EUA, logo o segundo lugar dev ficar com Boo! A Madea Halloween (US$12 milhões), e o terceiro com Jack Reacher 2: Rem Retorno (US$10 milhões).


Vale lembrar que O Código Da Vinci e Anjos & Demônios também foram grandes hits, com US$758 e US$485 milhões de bilheteria ao redor do mundo, respectivamente.

Inferno | Ron Howard explica demora da nova adaptação de Dan Brown

Neste novo filme baseado nos livros de Dan Brown, o renomado professor de simbologia de Harvard, Robert Langdon (Tom Hanks) visita a Itália e se envolve em mais uma aventura envolvendo símbolos ocultos e corporações secretas. Dessa vez, Langdon embarca numa jornada para desvendar os mistérios do clássico da literatura “A Divina Comédia”, de Dante Alighieri.

Sidse Babett Knudsen, Omar Sy, Irrfan Khan e Ben Foster completam o elenco. Ron Howard, diretor da franquia, retoma o cargo em Inferno, que estreia em 13 de outubro no Brasil.

Confira os trailers dublado e legendado do filme