Lucasfilm processa academia que oferece aulas de sabre de luz nos EUA

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Lucasfilm, empresa responsável pelos filmes Star Wars, criados por George Lucas, entrou na sexta-feira (14), com uma ação judicial contra Michael Brown em Oakland, Califórnia, pois, de acordo com as alegações, Brown possuiu negócios com vários nomes referentes a ficção intergalática, incluindo New York Jedi, Lightsaber Academy e Thrills e Skills.

Segundo o processo de violação de marca, arquivado na corte federal na Califórnia, as empresas de Brown oferecem “aulas não autorizadas de sabre de luz, que se propõem a ensinar os alunos a usá-los e/ou executá-lo como um ‘Jedi’”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Combate de sabre de luz vira esporte em academia nos Estados Unidos

A ação ainda afirma que, a Lucasfilm possui as marcas para coisas como “Jedi Traning Academy”, “Jedi” e “Sabre de luz.”

O processo também afirma que Brown usa um logotipo “que é quase idêntica, e confusamente similar, a marca da ordem de Jedi nos filmes”.

Lucasfilm alega que Brown procurou “repetidamente a licença ou autoridade da Lucasfilm”, para usar o material registrado, só para ser negado. A empresa também disse que tem servido os réus múltiplos avisos para cessar as atividades não autorizadas alegadas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio