Durante a New York Comic Con, o diretor Matt Reeves ofereceu os primeiros detalhes sobre o vilão humano de Planeta dos Macacos: A Guerra, o Coronel, interpretado por Woody Harrelson.

Ao site Comic Book, o cineasta disse que o vilão será extremo, mas atrairá a simpatia do público: “Woody é extraordinário, ele mergulhou fundo nesse personagem. Eu realmente não consigo o rotular como vilão ou antagonista, pois você precisa entender o mundo em que eles estão vivendo. Os humanos estão desesperados, e o Coronel age de forma extrema, mas todos vão entender o motivo por trás disso. Acredito que todos vão sentir muita empatia por ele, apesar de ser uma pessoa obscura”, finalizou.

Planeta dos Macacos: A Guerra vai levar César “aos extremos”


Planeta dos Macacos pode ganhar universo cinematográfico similar ao da Marvel

Planeta dos Macacos: A Guerra terá um César furioso e sedento por vingança

Nesta continuação de Planeta dos Macacos: O Confronto, César e seus macacos são forçados a um conflito mortal contra um coronel impiedoso. Após os macacos perderem muitos dos seus, César luta contra seus próprios instintos e começa sua jornada para vingar sua espécie. Quando César finalmente encontra o Coronel, eles travam uma batalha épica que vai decidir o destino de ambas as espécies, e do planeta Terra.

Andy Serkis (César), Karin Konoval (Maurice), Judy Greer (Cornelia), Steve Zahn, Aleks Paunovic e Sara Canning formam o elenco de primatas.

Gabriel Chavarria (East Los High) e Woody Harrelson integram o elenco de humanos, com o último tendo o papel de vilão principal, o líder dos militares da trama.

Matt Reeves, que dirigiu o longa de 2014, retorna para Planeta dos Macacos 3, que encerra a trilogia iniciada em 2011 com Planeta dos Macacos: A Origem.

Planeta dos Macacos: A Guerra tem estreia marcada para 14 de julho de 2017. Veja o primeiro teaser: