Rogue One: Uma História Star Wars | Diretor comenta o “complicado” final do filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor e roteirista Gareth Edwards conversou com a Entertainment Weekly sobre o estranho processo de encaixar Rogue One na mitologia já definida de Star Wars – o filme termina bem quando Uma Nova Esperança (1977) começa.

“Foi curioso, porque qualquer cineasta tem dificuldade de escrever o final do seu filme, e nós já sabíamos qual seria o final, certo? Nós pensamos no filme ao contrário, do final para o começo, e fomos eliminando opções para chegarmos na que achávamos mais forte narrativamente que nos levaria a esse final específico”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Heroína do filme é muito mais que “a nova Luke Skywalker”, diz diretor

Felicity Jones (A Teoria de Tudo) vive a protagonista Jyn Erso, uma soldado da Resistência. Riz Ahmed (O Abutre), Ben Mendelsohn (Bloodline), Jonathan Aris (da série Sherlock), Diego Luna, Jiang Wen, Forest Whitaker, Mads Mikkelsen e Alan Tudyk também estão no elenco. Darth Vader faz uma participação especial.

Assista ao trailer final do filme

7 revelações do novo trailer

Com roteiro de Chris Weitz (Cinderela) e direção de Gareth Edwards (Godzilla), Rogue One: Uma História Star Wars estreia em 15 de dezembro deste ano, preparando terreno para a estreia de Star Wars: Episódio 8 em 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio