40ª Mostra de SP | Era o Hotel Cambridge e Pitanga entre os vencedores

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Foram anunciados os vencedores 40ª Mostra de SP. Entre os destaques, The Handmaiden levou como Melhor filme de ficção e os brasileiros Era o Hotel Cambridge e Martírio ganharam, respectivamente, como Melhor filme e documentário brasileiro. O também nacional Pitanga venceu o prêmio da crítica de Melhor filme brasileiro.

Era o Hotel Cambridge e Martírio receberão da Spcine – Empresa de Cinema e Audiovisual de São Paulo um total de R$ 50 mil, sendo R$ 35 mil para Era o Hotel Cambridge e R$ 15 mil para Martírio. Os dois filmes foram escolhidos pelo público da Mostra.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Confira a lista completa dos ganhadores:

PRÊMIO DO JÚRI INTERNACIONAL

Melhor Filme

El Amparo, de Rober Calzadilla

Menção honrosa do júri (empate)

Atriz – Mirjana Karanovic, por A Boa Eposa
Atriz – Lene Cecilia Spark, por Sámi Blood

Prêmio Abbas Kiarostami

Maat, de Saba Kezemi

PRÊMIO DO PÚBLICO

Melhor filme de ficção internacional

The Handmaiden, de Park Chan-wook

Melhor documentário internacional (empate)

Gurumbé – Canciones de tu memoria negra, de Miguel Ángel Rosales
Gaga – O amor pela dança, de Tomer Heymann

Melhor filme brasileiro de ficção

Era o Hotel Cambridge, de Eliane Caffè

Melhor documentário brasileiro

Martírio, de Vincent Carelli

PRÊMIO DA CRÍTICA

Melhor filme internacional

Depois da Tempestade, de Hirokazu Koreeda

Melhor filme brasileiro

Pitanga, de Beto Brant, Camila Pitanga

PRÊMIO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ROTEIRISTAS E AUTORES

Melhor roteiro da competição Novos Diretores

El Amparo, de Rober Calzadilla

PRÊMIO DA ABRACCINE

Melhor filme

A Mulher do Pai

PRÊMIO HUMANIDADE

Andrzej Wajda

PRÊMIO LEON CAKOFF

Marco Be llocchio, William Friedkin e Antônio Pitanga

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio