A Bela e a Fera | Diretor comenta sobre cena feita totalmente com efeitos especiais

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O live action de A Bela e a Fera exigiu muito trabalho de efeitos especiais e de fato, um dos maiores números musicais da história, Be Our Guest – À Vontade, na versão em português -, foi realizado quase cem por cento em CGI, do início ao fim.

Em conversa com Oh My Disney, o diretor Bill Condon relembrou em como A Bela e a Fera era dependente de pura imaginação em vez de apenas filmar normalmente com uma câmera. Por exemplo, além de Emma Watson, tudo na cena de Be Our Guest foi totalmente criado com computadores e efeitos especiais.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Muita coisa do filme tinha que ser imaginada. Você pega o número “Be Our Guest”, que levou mais de um mês para gravar, e meio ano para planejar, e um ano para finalizar. Mas isso é um número e exceto Emma, ninguém está lá”, disse Condon. “É criado primeiro em um computador e, em seguida, [equipes de efeitos especiais] transformam em algo real… algo que nunca tinha experimentado antes.”

Emma Watson estrela como Bela na reimaginação em live-action do clássico conto de fadas, que foi um dos únicos desenhos animados a levar indicação ao Oscar de Melhor Filme.

Além de Watson, completam o elenco Dan Stevens (como Fera), Ewan McGregor, Luke Evans, Ian McKellen, Emma Thompson, Josh Gad, Stanley Tucci e Kevin Kline. Stephen Chbosky (As Vantagens de Ser Invisível) escreve o filme, dirigido por Bill Condon (Dreamgirls).

Filme mudará a origem de Bela; saiba detalhes

A Bela e a Fera chegará ao Brasil no dia 16 de março de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio