A Bela e a Fera | Tecnologia usada no filme “não existia até pouco tempo atrás”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A versão com atores de A Bela e a Fera exigiu muito trabalho de efeitos especiais, especialmente para os animados utensílios domésticos do castelo da Fera, e o diretor Bill Condon conta que a tecnologia teve que evoluir para chegar onde ele e sua equipe desejavam.

“A tecnologia nos permitiu criar essas xícaras de chá que são foto realistas e ao mesmo tempo capazes de falar… Essa parte não poderia ter sido feita desse jeito até muito pouco tempo atrás, e isso é que me anima sobre esse projeto. Preciso dizer que, como um fã de Disney desde criança, eu sempre tive a impressão que os diretores do estúdio tinham essa primazia com tecnologia de ponta, e muitas outras franquias como Star Wars tomaram a dianteira desde então. Esse filme toma isso de volta. As coisas que estamos fazendo aqui nunca foram vistas antes, e eu mal posso esperar para que todo mundo possa ver”, comentou Condon em entrevista ao OhMyDisney.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Emma Watson estrela como Bela na reimaginação em live-action do clássico conto de fadas, que foi um dos únicos desenhos animados a levar indicação ao Oscar de Melhor Filme.

Além de Watson, completam o elenco Dan Stevens (como Fera), Ewan McGregor, Luke Evans, Ian McKellen, Emma Thompson, Josh Gad, Stanley Tucci e Kevin Kline. Stephen Chbosky (As Vantagens de Ser Invisível) escreve o filme, dirigido por Bill Condon (Dreamgirls).

Filme mudará a origem de Bela; saiba detalhes

A Bela e a Fera chegará ao Brasil no dia 16 de março de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio