Assassin’s Creed “não é sobre Bem contra o Mal como Star Wars”, diz Fassbender

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michael Fassbender conversou com a revista Empire sobre seu papel na adaptação de game Assassin’s Creed, e contou por que acha que a história do filme é “mais complexa” que a maioria dos blockbusters, principalmente Star Wars.

“Não é como Star Wars, onde você tem o lado negro e o lado branco [da Força]. É uma história muito ambígua moralmente. Ambos esses grupos – os Templários e os Assassinos – são hipócritas de certa forma. Eles não são personagens só bons ou maus. Eu acho que iss é um pouco mais provocativo para o público. Sabe, você pensa, ‘será que eu deveria sentir isso? Será que deveria apoiar esse personagem?’. Isso é sempre divertido”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Assassin’s Creed teve inspiração de Matrix, diz Michael Fassbender

A 20th Century Fox e Ubisoft Motion Pictures vão lançar Assassin’s Creed nos cinemas em 5 de janeiro de 2017.

Na trama Fassbender é Callum Lynch, capaz de desbloquear suas memórias genéticas através de uma tecnologia revolucionária e experimentar as aventuras de seu antepassado, Aguilar, no século 15 na Espanha. Callum descobre que é descendente de uma misteriosa sociedade secreta, os Assassinos, e acumula incrível conhecimento e habilidades para derrubar a opressiva e poderosa organização Templários nos dias de hoje.

Segundo o produtor do filme, em torno de 65% da trama se passa no presente, e 35% na Espanha do século XV – leia mais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio