Lion, drama cotado ao Oscar 2017 com Dev Patel (Quem Quer Ser um Milionário?), Nicole Kidman e Rooney Mara no elenco, se envolveu em uma polêmica nesta terça-feira (08).

De acordo com representantes da Weinstein Company, empresa que produziu o filme, oficiais americanos não querem dar visto ao ator mirim Sunny Pawar, que interpreta o jovem protagonista, para que ele possa vir aos EUA para a estreia do filme.

“Estamos devastados que Sunny, um garoto de 8 anos que é parte desse incrível filme e que gerou tantas reações positivas a sua performance, não poderá estar aqui para essa experiência. Vamos lutar contra isso, pois acreditamos se tratar dos efeitos de uma paranóia não justificada contra imigração. Ele, é claro, não é uma ameaça para ninguém”, disse o presidente da Weinstein, David Glasser, à Variety.


Sunny e o pai, Dilip, iriam a estreias em Los Angeles e Nova York do filme.

Oscar 2017 | Confira nossas apostas

Maria Madalena com Rooney Mara e Joaquin Phoenix encontra seu Judas

No filme, Patel interpreta um jovem indiano que acabou se separando de sua família aos cinco anos de idade. Mais de duas décadas depois, usando uma pequena tecnologia chamda Google Earth, o jovem começa a procurar sua família – e os resultados são tão impressionantes que só poderiam ser uma história real.

Rooney Mara, indicada ao Oscar por Carol, e Nicole Kidman, vencedora do prêmio da Academia por As Horas, abrilhantam o filme. Garth Davis (Top of the Lake) dirige a partir de um roteiro de Luke Davies (Life: Um Retrato de James Dean).

Top of the Lake | Nicole Kidman aparece envelhecida em fotos da segunda temporada

O filme tem estreia marcada para 25 de novembro nos EUA. Não há previsão para chegar ao Brasil.