Produtor excluído dos créditos de 50 Tons Mais Escuros: “Vou arruinar esses filhos da p***”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O produtor Dana Brunetti entrou com processo contra o sindicado de produtores de Hollywood após ter seu crédito retirado de 50 Tons Mais Escuros, e em um post recente no Instagram prometeu não “se curvar a esses filhos da p***”.

“As regras do sindicato e de Hollywood são datadas e não correspondem à realidade do set. Eu vou lutar até o fim e arruinar esses filhos da p***, porque não preciso me curvar as regras deles por 50 Tons Mais Escuros”, escreveu Brunetti.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O produtor contou que passou pelo processo burocrático para ganhar um crédito de produção quando trabalhou em Capitão Phillips, tudo porque queria estar por dentro das possíveis indicações ao Oscar do filme.

“Todos sabemos que 50 Tons não vai concorrer a Oscar, então não dou a mínima, então vou fazer isso uma plataforma para denunciar essas regras estúpidas”, disse o produtor.

O sindicado de produtores tem um conselho formado por três “árbitros” anônimos que decidem quem receberá crédito por cada filme, a fim de prevenir que financiadores sem envolvimento nas decisões criativas do filme não sejam indevidamente creditados.

50 Tons Mais Escuros | Jamie Dornan comenta cena de nudez frontal

50 Tons de Cinza acabou para mim, diz Jamie Dornan sobre estrelar filme derivado

Na trama de 50 Tons Mais Escrutos, quando o ferido Christian Grey (Jamie Dornan) tenta seduzir a cautelosa Ana Steele (Dakota Johnson) e trazê-la de volta para sua vida, ela exige um novo acordo antes de dar uma nova chance a ele. Enquanto os dois começam a construir um relacionamento baseado em confiança e estabilidade, figuras sombrias do passado de Christian começam a rodear o casal, determinadas a destruir todas as suas esperanças de um futuro juntos.

50 Tons Mais Escuros já encerrou suas filmagens e chega aos cinemas em 10 de fevereiro de 2017. A conclusão da trilogia, 50 Tons de Liberdade, será lançada em 2018.

50 Tons Mais Escuros | Jamie Dornan comenta cena de nudez frontal
Dakota Johnson e Jamie Dornan aos beijos no último dia de filmagens
Dakota Johnson faz topless em gravação de sequência de 50 Tons de Cinza

Kim Basinger viverá Elena Lincoln, responsável por introduzir o bilionário ao mundo do sadomasoquismo. Completam o elenco: Bella Heathcote (Sombras da Noite, Orgulho e Preconceito e Zumbis) como Leila, outra ex de Christian Grey; Robinne Lee (Hitch – Conselheiro Amoroso), uma executiva da empresa de Grey; Hugh Dancy como o Dr. Flynn, psiquiatra de Christian Grey; e Fay Masterson (The Last Ship) como Gail Jones. Luke Grimes, Eloise Mumford e Max Martini reprisam seus papéis coadjuvantes.

Atriz diz que sequência tem mais romance que 50 Tons de Cinza
50 Tons de Cinza | Saiba tudo o que já descobrimos sobre as sequências
Dakota Johnson e Jamie Dornan filmam cenas de sexo por mais de 7 horas

O roteiro foi escrito por Niall Leonard, marido da autora E.L. James. As duas sequências de 50 Tons de Cinza serão rodadas consecutivamente pelo diretor James Foley (House of Cards). Ele substituirá Sam Taylor-Johnson, diretora do longa original.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio