Rogue One é como “um grande filme de Segunda Guerra”, diz compositor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Michael Giacchino será o primeiro compositor a tomar as rédeas da franquia Star Wars de John Williams, o veterano maestro que compôs todas as trilhas da saga até agora – e ele não poupa elogios para o filme.

“De muitas formas, é um grande filme de Segunda Guerra, e eu amo isso. Ao mesmo tempo, Rogue One tem esse coração enorme no seu centro, e isso é exatamente o tipo de coisa que não podemos ignorar. Sim, é um filme de ação, é um filme de Star Wars, e tem tudo o que você esperaria dessas coisas, mas eu não queria esquecer que é um filme muito emocional também”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Foi isso que atraiu nesse projeto. Eu amo trabalhar em coisas que tem um núcleo emocional como esse – não emoção artificial, apesar de isso ser algo complicado de dizer, porque criar emoções do nada é justamente o nosso trabalho”, conclui.

Rogue One deve ajudar Hollywood a bater recorde de bilheteria em 2016

Com roteiro de Chris Weitz (Cinderela) e direção de Gareth Edwards (Godzilla), Rogue OneUma História Star Wars estreia em 16 de dezembro deste ano, preparando terreno para a estreia de Star Wars: Episódio 8 em 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio