A parceria entre Colin Farrell e o diretor Yorgos Lanthinos já está em andamento com a pordução do filme The Killing of a Sacred Deer. Em entrevista com Business Insider, Farrell revelou um pouco do que esperar do longa.

“Posso dizer que – ugh, Deus – é mais estranho do que The Lobster”, brincou o ator. “Me senti muito triste. Quero dizer, quando eu li o roteiro achei extraordinário e trabalhar com Yorgos novamente é incrível.”

“Há tantas interpretações das quais este filme poderia abordar. Mas Yorgos é tão especificamente orientado, ele é muito clínico em sua direção do filme”, continuou Farrell. “Esperarei para ver o que o filme é, ele é definido em um mundo contemporâneo, nos Estados Unidos, há hospitais, parques, coisas que vamos reconhecer, mas ainda há esse tipo semelhante de inquietação através de todas as interações e todas as coisas que acontecem. Era irritante ler o roteiro. Senti náuseas depois de ler.”


The Killing of a Sacred Deer (A Matança de um Veado Sagrado), o novo filme é um suspense em que um bem-sucedido cirurgião tenta integrar uma adolescente misteriosa à sua família, sem sucesso. Os atos cada vez mais sinistros da garota levam o cirurgião a tomar uma decisão terrível.

Animais Fantásticos | Colin Farrell diz que não sabe se volta para continuações

Farrell deve interpretar o protagonista, enquanto Kidman assumirá o papel de sua esposa. Alicia Silverstone também está no elenco.

The Killing of a Sacred Deer tem previsão de lançamento para 2017.