Trabalhar com Meryl Streep foi “aterrorizante”, conta Hugh Grant

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Meryl Streep desafina no canto, mas não na atuação, em Florence: Quem é Essa Mulher?, que já gerou rumores de mais uma indicação ao Oscar para a estrela. Ao lado dela, e também recebido com elogios, o astro britânico Hugh Grant conta como foi a experiência de atuar o lado de Streep.

“Eu imaginei que trabalhar com ela fosse ser aterrorizante, e de fato foi”, riu o ator em entrevista ao THR. “Ela é brilhante, um gênio, e é claro que isso é assustador por si mesmo. Ela é focada e dedicada. Eu tive que melhorar meu próprio jogo por causa dela”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu costumava ter ataques de ansiedade o tempo todo durante as filmagens. Vários em cada filme. Hoje em dia eu tenho tudo mais ou menos sob controle, a ansiedade ainda está lá, mas eu consigo me controlar. Espero não ter ataque nenhum no meu próprio filme”, contou ainda Grant.

Confira nossas apostas para o Oscar 2017

Confira o trailer legendado do filme

A trama do filme acompanha a rica herdeira que persegue obsessivamente uma carreira de cantora de ópera. Aos seus ouvidos, sua voz é linda, mas para todos os outros é absurdamente horrível. O ator e seu companheiro St. Clair Bayfield (Hugh Grant) tenta protegê-la de todas as formas da dura verdade, mas um concerto que ela fará no Carnegie Hall colocará toda a farsa em risco.

Dirigido por Stephen Frears (Philomena, A Rainha), Florence Foster Jenkins estreia em 7 de julho no Brasil.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio