Cena de estupro em O Último Tango em Paris foi feita sem consentimento da atriz

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Um vídeo recém-descoberto do diretor Bernardo Bertolucci confirma que a infame cena de estupro entre Marlon Brando e Maria Schneider em O Último Tango em Paris foi filmada sem o consentimento prévio da atriz.

No vídeo, o diretor aparece em uma entrevista de 2013 contando que a ideia para a cena, onde o personagem de Brando usa manteiga para lubrificar a penetração, foi concebida na manhã antes da filmagem, e Schneider só foi avisada logo antes das câmeras rolarem.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu me senti horrível, de certa forma, pelo que fizemos. Só posso me defender ao dizer que, como diretor, queria a reação genuína dela. Eu queria que ela mostrasse essa humilhação. Eu acho que ela odeia a mim e a Marlon por causa disso”, comenta o diretor.

“Para obter algo assim, você tem que estar completamente livre. Eu não queria que Maria atuasse sua humilhação e raiva, queria que ela sentisse. Então ela me odiou por toda a sua vida”, completa.

Na época das filmagens, Marlon Brando tinha 48 anos, enquanto Schneider tinha apenas 19. A atriz não filmou outra cena de nudez em sua carreira toda, que seguiu até 2008, três anos antes de sua morte por complicações de câncer.

Cena de estupro de Game of Thrones inspirou atriz a ajudar vítimas de violência sexual

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio