Martin Scorsese não assiste filmes atuais: “As imagens não significam mais nada”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Martin Scorsese conversou com o site HeyUGuys sobre seu novo filme, Silence, e sobre seu gosto por cinema antigo – e seu desgosto pelas produções da Hollywood atual.

“Eu acho que estamos saturados, particularmente com a forma como o mundo é hoje em dia, e nada tem um significado de verdade. As imagens estão por todo lado. Cinema costumava ser uma construção, ou uma televisão. Eu devo dizer que os filmes atuais dos quais estou ciente, e eu não vejo muitos dos últimos dois ou três anos, não tem significado. As imagens não significam mais nada”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“As palavras não significam mais nada também, elas estão distorcidas e mudadas. Onde está o significado? Onde está a verdade? Temos que nos livrar de tudo isso. É aquela mesma questão que eu fiz em Caminhos Perigosos [1973]: como você pode viver uma boa vida? É difícil viver uma boa vida, com compaixão e respeito pelos outros, no mundo de hoje. Mais difícil do que no mundo em que eu cresci”, disse ainda.

Globo de Ouro 2017 | Silence e mais esquecimentos e acertos das indicações

Silence, novo filme de Scorsese, estreia em 26 de janeiro no Brasil e tem Andrew Garfield, Adam Driver e Liam Neeson no elenco.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio