Rogue One | Chefe da Disney sobre boicote: “Esse não é um filme político”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após notícias de que apoiadores de Donald Trump pretendiam boicotar Rogue One: Uma História Star Wars graças a sua “propaganda feminista” e “mensagem anti-Trump”, o presidente da Disney, Bob Iger, conversou com o THR sobre o assunto.

“Eu acho que essa história é exagerada e, sinceramente, um pouco boba. Eu não quero reagir de forma nenhuma a essa história. Esse não é um filme político. Não há sentenças políticas nele, de forma alguma”, comentou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rogue One tem um dos elencos mais incríveis e mais diversos de qualquer filme que já fizemos, e temos muito orgulho disso. Mas isso não é uma sentença política, de forma alguma”, frisou ainda.

Diego Luna fala da emoção de encontrar Darth Vader no filme

O filme é ambientado pouco antes de Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança, e gira em torno do roubo dos planos originais da Estrela da Morte por um grupo de rebeldes. Enquanto este filme começa com Leia na posse desses planos, faria sentido ter, no mínimo, uma referência a personagem em Rogue One.

Rogue One: Uma História Star Wars estreia em 15 de dezembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio