Rogue One | Donnie Yen criou um novo estilo de arte marcial para o filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Durante uma coletiva de imprensa com alguns atores de Rogue One: Uma História Star Wars, uma fã da saga conversou o ator Donnie Yen, que interpreta o cego monge da Força, Chirrut Îmwe no filme e revelou que ele não usou nenhum estilo existente para Star Wars -ele fez a sua própria marca.

“Fiz um monte de artes marciais. Eu tinha nove anos de idade quando comecei e estudei muitos estilos diferentes de artes marciais”, disse Yen. “Para cada filme, eu crio uma arte marcial única. Por exemplo, em Rogue One, projetei um pouco de artes marciais especificamente para Star Wars.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator também falou sobre as dificuldades em usar lentes de contato que realmente tiravam parte da sua visão.

“Não era confortável, eu tinha que tirá-las a cada duas horas e descansar entre vinte minutos. Com as lentes de contato, tinha uma visão muito embaçada, e não podia ver claramente, por isso foi muito perturbador”, comentou.

Diego Luna fala da emoção de encontrar Darth Vader no filme

O filme é ambientado pouco antes de Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança, e gira em torno do roubo dos planos originais da Estrela da Morte por um grupo de rebeldes. Enquanto este filme começa com Leia na posse desses planos, faria sentido ter, no mínimo, uma referência a personagem em Rogue One.

Rogue One: Uma História Star Wars estreia em 15 de Dezembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio