Rogue One | Executivo da Disney proibiu uso de sabres de luz em marketing do filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A THR conversou com o executivo de marketing Rick Strauss, da Disney, e ele comentou a estratégia do estúdio para divulgar Rogue One: Uma História Star Wars.

“Para as pessoas saberem que esse se trata de um filme separado da saga principal, usamos a palavra ‘história’ ao invés de ‘episódio’ no título. O filme se conecta com a mitologia e o legado de Star Wars, mas é um filme diferente”, contou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu proibi sabres de luz, androides, e qualquer um dos atores anteriores da saga de aparecerem nos pôsteres. Assim, as pessoas sabiam que era algo diferente. A única coisa que remete aos filmes anteriores são os Stormtroopers, mas mesmo assim em uma situação completamente nova, em uma batalha na praia”, concluiu.

Diego Luna fala da emoção de encontrar Darth Vader no filme

Rogue One é ambientado pouco antes de Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança, e gira em torno do roubo dos planos originais da Estrela da Morte por um grupo de rebeldes. Enquanto este filme começa com Leia na posse desses planos, faria sentido ter, no mínimo, uma referência a personagem em Rogue One.

Rogue One: Uma História Star Wars chegou aos cinemas nesta quinta-feira, 15 de Dezembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio