Rogue One | Felicity Jones fez questão de aprovar figurino de Jyn Erso: “Não queria que fosse sexy”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A atriz Felicity Jones conversou com a EW sobre seu trabalho como a heroína Jyn Erso em Rogue One: Uma História Star Wars, e sobre o posicionamento da personagem como uma mulher forte.

“Eu acho que isso tem a ver até com o figurino. Eu não queria Jyn correndo pelo filme com uma blusinha apertada, sem mangas. O foco deveria ser o objetivo dela e o que ela está tentando fazer, e o figurino tinha que ser adequado a isso. Não queria que fosse sexy, que olhássemos para o corpo dela. Isso nunca acontece no filme”, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“A ideia é que a força de Jyn não fosse uma surpresa. Não fosse algo como: nós a apresentamos como uma mulher fútil e você percebe que ela também é forte e fica ‘oh!’”, comentou ainda.

“Eu acho que é muito esperto revisitar Star Wars, porque podemos fazer um filme moderno agora. Rogue One é muito moderno em termos de diversidade de etnias, e sotaques, e o papel das mulheres”, completou o colega de elenco Diego Luna.

Felicity Jones está cansada de ser confundida com Daisy Ridley em vídeo engraçado

Rogue One: Uma História Star Wars estreia na próxima quinta-feira, dia 15 de dezembro.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio