Rogue One: Uma História Star Wars | Ator defende a trilogia prelúdio

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Rogue One: Uma História Star Wars tem arrancado elogios das principais críticas, que também usaram a oportunidade para atacar ainda mais a trilogia prelúdio. E afirmações como “finalmente uma prequência que vale a pena” estão parecendo parece um ataque gratuito, segundo o ator Riz Ahmed, que interpreta o piloto imperial desertor Bodhi Rook no filme.

“Não tive problema com as prequências. Haviam alguns elementos que se destacavam. Gosto do fato de que se tratava de política, de uma forma adulta, e da dissolução da Liga das Nações, da Guerra Mundial, e do surgimento do fascismo”, disse. “Eu realmente gostei disso, e gostei muito das Guerras Clônicas.”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ahmed ainda continuou: “Eu realmente não vejo qual é o grande problema, para ser honesto. Se todos os filmes de Star Wars fossem os mesmos, seria chato. Espero que cada novo filme acrescente uma nova dimensão, e acho que é isso que Rogue One faz.”

O ator aproveitou para revelar qual o seu filme favorito da franquia, escolhendo aquele que é o favorito para a maioria dos fãs.

“Prefiro O Império Contra-Ataca, porque é um pouco mais sombrio, eu acho, da mesma forma que me sinto orgulhoso desse filme. Ele ganha vantagem por isso, confesso.”

Diego Luna fala da emoção de encontrar Darth Vader no filme

O filme é ambientado pouco antes de Star Wars Episódio IV: Uma Nova Esperança, e gira em torno do roubo dos planos originais da Estrela da Morte por um grupo de rebeldes. Enquanto este filme começa com Leia na posse desses planos, faria sentido ter, no mínimo, uma referência a personagem em Rogue One.

Rogue One: Uma História Star Wars estreia em 15 de Dezembro.

 

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio