Diretora de elenco de Game of Thrones relembra suas maiores descobertas em Hollywood

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Nina Gold, diretora de elenco de Game of Thrones e que já trabalhou com muitos famosos como Brad Pitt, Amy Adams e Tom Hardy, deu entrevista ao Hollywood Reporter e relembrou suas maiores descobertas.

“É muito empolgante vê-los se desenvolver e ter novas ideias”, diz Nina. Foi assim que ela descobriu Daisy Ridley e John Boyega para Star Wars: O Despertar da Força e praticamente todo o elenco de Game of Thrones também, sendo que ela considera Emilia Clarke uma de suas descobertas mais memoráveis. “Eu me sinto como uma mãe orgulhosa para vários atores de Game of thrones”, acrescenta.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Por conta de seu trabalho, Nina receberá o prêmio do Hoyt Bowers da CSA pelas mãos de J.J. Abrams no Hotel Beverly Hilton, no dia 19 de janeiro. Ela lembra como era Michael Fassbender antes de ser famoso: “Ele vinha fazer testes para vários papéis e para mim era claro que ele seria um astro”. Porém, apesar de conhecer tantas celebridades, ela diz que ainda fica nervosa quando se encontra com Merryl Streep.

Sobre o papel mais difícil que já teve que escalar, ela revela que foi para a Rainha Elizabeth na série The Crown, da Netflix, personagem que acabou ficando com Claire Foy (vencedora do Globo de Ouro este ano). “Eu não queria errar e perder minha dignidade”, brinca ela. “Já [escalar papeis para] O Despertar da Força foi difícil por conta de toda a responsabilidade envolvida”.

Nina diz que evita personagens que sejam jovens e lindos. “Gosto de ver histórias onde há uma variedade de pessoas e em que elas não são todas iguais”, afirma.

E quando perguntada quem ela gostaria que interpretasse ela mesma em um filme, Nina responde: “Melanie Lynskey [a Rose de Two and a Half Men] para fazer uma versão jovem minha”.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio