“Não perco o meu sono por causa das críticas”, diz astro de 50 Tons de Cinza

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jamie Dornan diz não se importar com o que críticos dizem sobre 50 Tons de Cinza, mas ao mesmo tempo, ele parece não respeitar muito a opinião deles.

O ator, que interpreta Christian Grey na franquia, disse ao Australian GQ: “Por mais que tenha 100 milhões de fãs, há muita gente que não gosta do filme e tem uma opinião forte sobre ele”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu não culpo as pessoas”, continua. “Tenho muitas opiniões sobre coisas que eu não conheço muito, ou que eu não dou uma chance – é apenas a nossa natureza. Eu não vou perder meu sono por causa de críticas”, finalizou.

Jamie Dornan não é tão liberal quanto Grey: “Sadomasoquismo não me faz feliz”

Na trama de 50 Tons Mais Escuros, quando o ferido Christian Grey (Jamie Dornan) tenta seduzir a cautelosa Ana Steele (Dakota Johnson) e trazê-la de volta para sua vida, ela exige um novo acordo antes de dar uma nova chance a ele. Enquanto os dois começam a construir um relacionamento baseado em confiança e estabilidade, figuras sombrias do passado de Christian começam a rodear o casal, determinadas a destruir todas as suas esperanças de um futuro juntos.

O roteiro foi escrito por Niall Leonard, marido da autora E.L. James. As duas sequências de 50 Tons de Cinza serão rodadas consecutivamente pelo diretor James Foley (House of Cards). Ele substituirá Sam Taylor-Johnson, diretora do longa original.

50 Tons Mais Escuros chega aos cinemas em 10 de fevereiro. A conclusão da trilogia, 50 Tons de Liberdade, será lançada em 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio