O Lobo de Wall Street | “Leonardo DiCaprio sabia que os produtores eram criminosos”, diz real Jordan Belfort

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jordan Belfort, o Lobo de Wall Street da vida real, que foi interpretado por Leonardo DiCaprio no filme dirigido por Martin Scorcese, revelou em entrevista ao finews.com que o ator sabia que os produtores eram criminosos.

“Se você olha para o filme, por exemplo: o filme é um enorme sucesso, e então acontece que os caras que o financiaram eram criminosos. Leo [DiCaprio] foi sugado por eles. Ele é um cara honesto. Mas eu me encontrei com esses caras e disse para Anne [Koppe, sua noiva e parceira nos negócios] que eles eram criminosos”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Belfort também comentou da época em que o filme seria anunciado, no Festival de Cannes de 2011. “Eles me levaram para Cannes quatro ou cinco meses depois de comprarem o filme e queriam anunciá-lo lá”, disse ele. “Ainda não tinha entrado em produção e eles lançaram uma festa de lançamento, eles devem ter gastado US $ 3 milhões em uma festa de lançamento. Eles até chamaram Kanye West, e eu disse a Anne, isso é uma farsa, qualquer um que faz isso roubou dinheiro. Você não gastaria dinheiro com o que trabalhou assim’.

O Lobo de Wall Street | Filme é processado em US$100 milhões

Indicado a 5 Oscars, O Lobo de Wall Street é baseado na história real de Jordan Belfort (Leonardo DiCaprio), que virou corretor da bolsa de valores nos anos 1990. Após ter fraudado investidores, ele ficou rico e passou a levar uma vida regada por sexo e drogas. Belfort eventualmente foi preso depois de declarar-se culpado de fraude e manipulação de ações.

Leonardo DiCaprio recentemente se envolveu em outra polêmica por conta do seu ativismo ambiental e pode ser banido da Indonésia – leia mais.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio