Resident Evil 6 vai retornar ao “sadismo cruel” do começo da franquia, segundo diretor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A direção de Resident Evil 6: O Capítulo Final ficou novamente a cargo de Paul W.S. Anderson. Em uma entrevista ao Collider, o diretor britânico relevou o que esperar do filme que vai ser lançado ainda esse mês:

“Estou muito animado com as voltas inesperadas na narrativa. Gostaria de relacioná-lo muito mais com o primeiro filme, do que com qualquer outro filme da franquia. O primeiro roteiro foi um salto através de algumas narrativas com plot twists, e este é um pouco mais do mesmo. Iremos retornar à coisas que o primeiro filme trata, e acrescentar em cima dele. Então, eu acho que em termos de história, vai ser realmente surpreendente”, comentou o diretor.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Resident Evil 6: O Capítulo Final será proibido para menores de 18 anos nos EUA

“E o fato de Milla e Iain Glen interpretarem vários personagens no filme vai ser fantástico”, completa Paul. “Estou realmente gostando de trabalhar com os dois, acho que as cenas entre eles são elétricas e  vai ser um dos pontos altos. Eu acho que talvez as pessoas não estarão esperando por isso, e  coisas realmente boas e escuras acontecerão neste filme, mais escuras que as outras.”

“Eu acho que o primeiro Resident Evil foi um filme sombrio e desagradável, e foi isso que fisgou o público. Não sei se ficamos mais “suaves” com o passar dos anos, mas esse sexto capítulo definitivamente retoma o sadismo cruel do primeiro filme. Eu acho que vai ser uma boa surpresa para as pessoas”, disse ainda.

Resident Evil 6 chega aos cinemas em 27 de janeiro de 2017.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio