Rogue One | Diretor comenta sobre não inclusão da abertura clássica: “Pequeno detalhe”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Apesar de outras afirmações ao contrário, Rogue One: Uma História Star Wars teve a sua abertura clássica no início do filme. A revelação veio do próprio diretor Gareth Edwards, em entrevista com a Empire Magazine, que recapitulou a produção do filme de uma perspectiva pós-lançamento.

“Em algum momento, provavelmente seis meses antes, quando estávamos filmando, estávamos em uma reunião e falaram sobre não ter a clássica abertura da saga, porque estes são filmes autônomos, não fazem parte diretamente da saga”, disse Edwards. O diretor ainda revelou que sua resposta no início foi muito parecida com a maioria dos fãs de Star Wars. “Para ser honesto, houve um momento no início que eu fiquei, ‘Como assim? Eu quero a abertura!’”

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Eventualmente, a decisão foi tomada e a sequência do prólogo com a família Erso em La’mu e o diretor Orson Krennic indo para Galen foi toda a história que eles sentiram necessária para introduzir o filme.

“A primeira sequência do filme é a nossa abertura e nosso filme também nasce de uma abertura clássica da saga – a razão pela qual existimos é por causa de uma história anterior. É um pequeno detalhe fácil de desistir em um filme de Star Wars”, disse o diretor.

Rogue One | Lucasfilm explica como personagens foram recriados digitalmente

Rogue One: Uma História Star Wars segue em cartaz nos cinemas.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio