50 Tons Mais Escuros | Dakota Johnson diz se sentir insegura com o filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Dakota Johnson tem receio do que as pessoas vão pensar de 50 Tons Mais Escuros.

Em entrevista ao portal news.com.au., a atriz revelou que nem sempre está positiva com os filmes da franquia e com o papel de Anastasia Steele. “Esses filmes são monstros destruidores. Às vezes eles podem ser assustadores, mas eu não necessariamente me arrependo. Ao mesmo tempo, eu não me mantenho cem por cento positiva. Eu tenho ondas de medo e ondas de insegurança, e me pergunto o que as pessoas vão achar disso”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ainda assim, enfrentar uma franquia tão grande é uma responsabilidade muito grande, e Dakota acrescenta que o segundo filme tem uma mensagem muito poderosa. “[O filme] é mais sobre descobrir o arco de Anastasia como uma mulher e também sua jornada sexual”, explicou. “Ela está tentando descobrir quem ela é e o que ela gosta ao lado desta outra pessoa que é tão firme em seus objetivos”.

A atriz concluiu falando que ficou amiga íntima de Jamie Dorner durante as filmagens. “Passamos seis meses filmando os dois filmes e ficamos tão próximos”, disse ela. “Acho que é uma coisa muito feliz de ter acontecido, especialmente nesta situação, porque somos tão íntimos. Mesmo as cenas que não são sexualmente explícitas, elas são emocionalmente íntimas, então o fato de que nós nos damos bem e podemos sair fora do trabalho e fazer coisas nos fins de semana, é muito melhor do que poderia ter sido”.

50 Tons de Cinza | Dakota Johnson quer dar um tempo em cenas de sexo após trilogia

Na trama de 50 Tons Mais Escuros, quando o ferido Christian Grey (Jamie Dornan) tenta seduzir a cautelosa Ana Steele (Dakota Johnson) e trazê-la de volta para sua vida, ela exige um novo acordo antes de dar uma nova chance a ele. Enquanto os dois começam a construir um relacionamento baseado em confiança e estabilidade, figuras sombrias do passado de Christian começam a rodear o casal, determinadas a destruir todas as suas esperanças de um futuro juntos.

O roteiro foi escrito por Niall Leonard, marido da autora E.L. James. As duas sequências de 50 Tons de Cinza serão rodadas consecutivamente pelo diretor James Foley (House of Cards). Ele substituirá Sam Taylor-Johnson, diretora do longa original.

50 Tons Mais Escuros chega aos cinemas brasileiros em 10 de fevereiro. A conclusão da trilogia, 50 Tons de Liberdade, será lançada em 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio