A Bela e a Fera | “Nossa Bela é a heroína do século 21”, diz diretor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Em entrevista à EW, Bill Condon, diretor da versão com atores de A Bela e a Fera, falou sobre o seu desejo de de trazer a história original para uma nova era, sem deixar de honrar o filme clássico.

“Parte disso foi esta grande oportunidade de contar em uma versão com atores, totalmente real, e distinguir Bela novamente, 25 anos mais tarde, como uma heroína do século 21”, disse.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Condon ainda explicou a reinvenção de Bela, que no filme será a inventora da família ao invés de seu pai, Maurice, diferente da animação. Para ele, transformar ela em um modelo positivo para o público era um dos objetivos do filme. “Ela é uma personagem de um filme de animação, por isso é uma questão de pegar esses personagens e colocá-los nessa outra visão, em um contexto real, o que significa acrescentar níveis de psicologia, nuances e atualizá-los”.

Na versão live-action de A Bela e a Fera, além de Emma Watson como Bela, completa o elenco: Dan Stevens (como Fera), Ewan McGregor, Luke Evans, Ian McKellen, Emma Thompson, Josh Gad, Stanley Tucci e Kevin Kline. Stephen Chbosky (As Vantagens de Ser Invisível) escreve o filme, dirigido por Bill Condon (Dreamgirls).

A Bela e a Fera chegará ao Brasil no dia 16 de março.

A Bela e a Fera deve ter arrecadação inicial próxima a de Os Vingadores

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio