Disney é o estúdio que menos contratou diretores negros nos últimos dez anos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Aparentemente a Disney é a pior dos grandes estúdios de Hollywood no que diz respeito a empregar diretores negros.

Um estudo feito pela University of Southern California descobriu que não empregou um diretor negro para algum de seus grandes filmes na última década. A pesquisa, intitulada Inclusion in the Director’s Chair, analisou as 100 melhores arrecadações de bilheteria do estúdio entre 2006 e 2007.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Quando você olha através da indústria, ninguém está fazendo um trabalho fantástico e ninguém tem uma performance superior”, disse Stacy L Smith, co-autor da pesquisa, em entrevista à Variety. “Precisamos de algum tipo de mudança radical no processo de contratação. Nós vimos algumas pequenas oscilações, mas nenhum esforço real e robusto foi feito aqui”.

A Lionsgate foi a que mais contratou diretores negros, empregando-os em 16 dos 86 filmes que mais arrecadaram no mesmo período. A Sony vem em segundo, com 9. A Warner Bros, entretanto, empregou a maioria das mulheres para supervisionar seus filmes – 10 dos 174 na última década – enquanto a Disney só trouxe cinco diretores mulheres e quatro diretores asiáticos durante esse período.

Dos próximos lançamentos da Disney, Ava DuVernay irá dirigir Uma Dobra no Tempo, com estreia prevista para 2018, e Ryan Coogler está trabalhando na produção do filme do Pantera Negra.

O estudo descobriu que dos mil filmes lançados pelos principais estúdios de Hollywood nos últimos 10 anos, 44 foram feitos por mulheres, 56 por diretores negros e 33 por diretores asiáticos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio