Oscar 2017 | Academia retira um dos indicados a mixagem de som por violação de regra

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas retirou a indicação ao Oscar de melhor mixagem de som a 13 Horas: Os Soldados Secretos de Benghazi por violar uma das regras da premiação.

Em comunicado, a presidente da Academia, Cheryl Boone Issacs, explicou que, após “uma minuciosa reflexão”, decidiu removar a indicação a Greg P. Russell, responsável pela mixagem do filme, por ele ter feito campanha na véspera da premiação.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Russell ligou para seus colegas da Academia para avisá-los de seu trabalho no filme, o que representa uma “violação das regras do Oscar, que proíbem o lobby telefônico”.

“A Academia é muito séria sobre o processo de votação do Oscar e qualquer coisa, sem importar que seja bem-intencionada, que pudesse comprometer a integridade desse processo”, afirmou Issacs.

Com isso, apenas A Chegada, Até o Último Homem, La La Land: Cantando Estações e Rogue One continuam na disputa pelo Oscar de melhor mixagem de som.

A cerimônia do Oscar 2017 acontece neste domingo, 26 de fevereiro.

Os motivos que fizeram a Academia escolher os indicados ao Oscar de Melhor Ator e Atriz

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio