Rogue One | Artistas revelam duas grandes mudanças feitas no filme; saiba quais

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Muitas coisas mudam durante a produção de um filme, seja nas artes, roteiros, cenários e até elenco. Depois do sucesso de Rogue One: Uma História Star Wars, muito do que foi modificado antes da estreia do longa foi divulgado. Agora, mais mudanças vieram a público.

Vários integrantes da equipe de artistas que produziu as artes conceituais de Rogue One, como Dave Grossman, Glyn Dillon, Matt Allsopp, Matt Brockbank, Will Htay, Vincent Jenkins e John McCoy, compareceram à loja de quadrinhos Gosh, em Londres, e responderam a algumas perguntas dos fãs.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Uma das curiosidades reveladas foi a de que o local onde Saw Guerrera (Forest Whitaker) seria encontrado mudou diversas vezes. Os projetos que foram mostrados indicavam um planeta coberto por gelo e outro com uma selva enorme. Pelas informações, o planeta gelado seria o escolhido, com planos para filmar cenas na Islândia. Não havia informações, porém, do motivo do planeta escolhido ter sido o desértico Jedha.

Outra grande mudança revelada foi a da torre de Scarif, local chave no terceiro ato do filme. Alguns desenhos mostravam um design muito diferente do que foi visto nos cinemas. Segundo informações, o lugar teve que ser redesenhado por problemas nas refilmagens.

Com US$ 512,2 milhões arrecadados nos Estados Unidos e mais US$ 449,1 milhões no mercado internacional, o derivado de Star Wars chegou a US$ 1,011 bilhão após ficar 39 dias em cartaz.

Rogue One se tornou o 28º filme a alcançar US$ 1 bilhão, desconsiderando a inflação, e também mais um título recente da Disney a cruzar a marca depois de Capitão América: Guerra Civil, Zootopia e Procurando Dory.

Os números também fizeram de Rogue One: Uma História Star Wars o segundo maior filme da saga, atrás apenas de Star Wars: O Despertar da Força (que faturou pouco mais de US$ 2,06 bilhões pelo mundo).

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio