A Bela e a Fera é alvo de campanha de boicote homofóbico

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A nova versão de A Bela e a Fera está sendo alvo de mais uma campanha homofóbica. Uma petição online promovida pela American Family Radio (AFA), associação de mídias radiofônicas cristãs norte-americanas, defende que o filme seja boicotado porque supostamente apoia a organização LGBT. A campanha já foi assinada por mais de 40 mil pessoas.

Desde que se anunciou que A Bela e a Fera teria a primeira cena de amor homoafetivo em um filme da Disney, diversos movimentos têm angariado apoio ou repúdio ao musical dirigido por Bill Condon, gerando bastante repercussão.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O criador da petição da AFA, em carta aberta destinada à Disney, sustenta que a empresa deveria fazer mais “filmes voltados para a família, que não apoiem a causa gay”. Diz ainda que “o comportamento homossexual é antinatural e prejudicial à saúde”.

Estrelado por Emma Watson – atriz conhecida também por se posicionar publicamente a favor de causas progressistas – e Dan Stevens, A Bela e a Fera traz ainda em seu elenco Luke Evans, Kevin Kline, Josh Gad, Ewan McGregor, Stanley Tucci, Ian McKellen e Emma Thompson.

A Bela e a Fera chegou aos cinemas brasileiros nesta quinta-feira (16).

Crítica | A Bela e a Fera

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio