Atriz de Homem-Formiga acha que os filmes da Marvel “não se levam a sério”

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Evangeline Lilly, que interpreta Hope Van Dyne em Homem-Formiga, revelou como foi escalada para o filme da Marvel durante sua participação na Emerald City Comic Con, neste fim de semana.

A atriz contou (via Bleeding Cool) que Edgar Wright, diretor inicialmente contratado para o filme mas que depois abandonou o projeto por diferenças criativas, a trouxe à bordo. Mas ela confessa ter relutado no começo em se envolver com um filme de super-herói:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O único filme da Marvel que eu tinha visto até então era Homem de Ferro, e eu nem sabia que era um filme Marvel. Mas eu pensei, ‘Não quero fazer um filme estúpido de super-herói””.

No entanto, mesmo após a saída de Wright do filme, Lilly decidiu ficar por um motivo:

Paul Rudd deixou tudo mais legal. Quem escala Paul Rudd como um super-herói? Ninguém. Então eu tinha que checar esses caras da Marvel e ver o que eles estavam preparando, e aparentemente eles estavam fazendo coisas bem legais. Como ignorar esses caras que estão fazendo filmes de super-heróis muito bacanas que não se levam a sério demais?”, afirmou.

Depois, questionada sobre quais filmes de super-heróis ela considera que se levam a sério demais, Lilly respondeu, sem titubear: “DC”.

Em julho deste ano, Evangeline Lilly retorna como Hope Van Dyne para as filmagens de Homem-Formiga e a Vespa, a sequência do filme de 2015, que mostrará a transformação de sua personagem na heroína Vespa.

O filme chegará aos cinemas em 6 de julho de 2018.

Vespa pode ganhar filme solo após sequência de Homem-Formiga

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio