Rogue One: Uma História Star Wars | Roteirista revela final alternativo do filme

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O roteirista Gary Whitta revelou um final alternativo de Rogue One: Uma História Star Wars em entrevista à Entertainment Weekly.

Whitta explica que o plano inicial sempre foi matar os protagonistas, mas ele tinha receio de que essa conclusão para o filme fosse rejeitada pela Disney:

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“O instinto original era de que todos eles deveriam morrer. Vale a pena. Se você está indo dar a sua vida para qualquer coisa, dar a sua vida para isso, para destruir uma arma que vai matar todos vocês de qualquer maneira. É isso que sempre quisemos fazer. Mas nunca exploramos isso porque tínhamos medo de que a Disney não nos deixasse fazê-lo, que a Disney poderia pensar que era muito obscuro para um filme de Star Wars ou para sua marca”.

Isso levou o roteirista a pensar em um outro final para Rogue One, em que Jyn Erso e Cassian Andor sobreviveriam à batalha em Scarif:

“Uma nave dos Rebeldes desce e os tira da superfície. A transferência dos planos acontece mais tarde. Eles vão para longe e mais tarde a nave de [Leia] vem de Alderaan para ajudá-los. A transferência de dados entre as naves aconteceria fora de Scarif. Eles escapariam em uma cápsula de fuga, que pareceria apenas mais um pedaço de detritos”.

A edição em Blu-ray e DVD de Rogue One: Uma História Star Wars será lançada no Brasil em 5 de abril – veja detalhes.

Novo livro servirá como sequência do filme

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio