Em entrevista à Entertainment Weekly, o diretor Taika Waititi falou sobre as influências cômicas que trouxe para Thor: Ragnarok. Ele usa um clássico do gênero, Os Aventureiros do Bairro Proibido (1986), como exemplo de inspiração.

“Os Aventureiros do Bairro Proibido é um daqueles filmes em que Jack Burton é um bobão, mas ele é adorável e você está com ele o caminho todo. Eu penso que Thor tem que ser o cara que você quer em cada cena”.

“[Thor 3] Não é bem uma comédia”, esclarece. “Teremos alguns ótimos momentos no filme, com Bruce Banner e Thor em uma espécie de viagem, o que vai emprestar esse tom [de comédia] ao filme, porque os caras são muito engraçados. Eu tive que explorar as habilidades cômicas de Chris. Ele é tão bom e subutilizado nesse departamento. Ele é legitimamente uma das coisas mais engraçadas neste filme”, finaliza.


Em sua terceira aventura solo, Thor se vê preso do outro lado do universo, sem seu martelo, e entra em uma corrida para salvar Asgard do Ragnarok – uma espécie de apocalipse, em que seu mundo seria destruído completamente, tudo pelas mãos da terrível Hela. Primeiro, no entanto, ele tem que sobreviver a um desafio de gladiadores que o coloca contra um amigo – incrível Hulk!

Thor: Ragnarok estreia em 25 de outubro no Brasil, com direção de Taita Waitiki.

Thor: Ragnarok tem sua trama revelada

Thor: Ragnarok reinventa a franquia: “É como se fosse o primeiro filme”, diz diretor

“Ele é como um deus”, diz Mark Ruffalo sobre volta de Hulk

Cate Blanchett sobre viver primeira vilã da franquia: “Ela é maluca”