Tron 3 | Diretor diz que filme “não está morto” e revela detalhes da trama

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Disney cancelou a sequência de Tron: O Legado em maio de 2015, mas o diretor Joseph Kosinski garantiu em entrevista ao Collider que o projeto não está morto.

“Eu acho que posso dizer que TRON 3 está em congelamento criogênico. Então, está lá. Não está morto. Está vivo, mas está sentado lá, esperando o momento certo para avançar”, explicou. “Quero dizer, você tem que lembrar que quando fizemos TRON: O Legado, a Disney não era a Marvel. A Disney não era dona da Lucasfilm… eles possuem tudo agora. Mas isso foi antes que eles possuíssem tudo, então do ponto de vista do estúdio, eles têm um cronograma e uma certa quantia de dinheiro para fazer filmes e se você pode fazer um derivado de Star Wars ou outro filme Marvel, que estão todos sendo feitos incrivelmente, bem… um novo TRON, eu acho que faria muito bem, a questão é: será que se sairia tão bem como um desses filmes? Esse é o maior motivo de não termos viston outro TRON ainda, porque a Disney está presa com propriedades realmente bem sucedidas agora. Mas isso não significa que não vamos ver em alguem momento”, completou.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor também revelou detalhes da premissa do filme, que mostraria uma fuga dos personagens do mundo digital para o real:

“Eu acho que nós temos cerca de 80 do roteiro pronto. Estávamos em boa forma. Estávamos provavelmente oito ou nove meses antes de ser finalizado, que ainda é uma boa quantidade de tempo antes das filmagens. O me deixa animado é o conceito, que é um filme de invasão de dentro para fora da máquina, o oposto do que temos visto ultimamente. Nós sugerimos isso no final de Legacy com Quorra saindo, mas a ideia para Ascension era um filme com o primeiro ato no mundo real, o segundo ato no mundo de TRON, ou mundos múltiplos de TRON, e o terceiro ato totalmente situado no mundo real. Isso abre o mundo e explora o conceito de TRON de uma maneira que seria emocionante de ver na tela. Mas há também um estudo de personagem realmente interessante sobre Quorra, com ela tentando descobrir a onde pertence, tendo vivido no mundo real por alguns anos, e onde ela se encaixa”, finalizou.

Lançado em 1982, Tron – Uma Odisséia Eletrônica não se mostrou um sucesso de bilheteria, mas o filme ganhou status de cult com o passar dos anos, o que o fez ganhar uma continuação tardia em 2010, Tron: O Legado. O longa arrecadou US$ 400 milhões pelo mundo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio