A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell | Filme deve ter prejuízo de US$ 60 milhões

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Após o chefe de distribuição da Paramount afirmar que A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell foi prejudicado pelas polêmicas em relação a escalação de Scarlett Johansson como personagem principal, o Deadline reportou que o filme foi estimado com uma perda de US$ 60 milhões de acordo com sua estimativa.

De acordo com o portal, o filme veio com um orçamento de US$ 250 milhões e possui a estimativa de lucro de US$180 milhões, deixando o estúdio em um prejuízo enorme.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Para Davies, chefe de distribuição da Paramount, a ideia de transformar uma história asiática em global é um desafio muito difícil de ser feito. “Então você está sempre tentando enfiar essa agulha entre honrar o material de origem e fazer um filme para um público em massa. Isso é desafiador, mas claramente os comentários não ajudaram”, lamentou.

Escrita por Jonathan Herman (Straight Outta Compton), a versão com atores de Ghost in the Shell é baseada no mangá sobre uma cirborgue das forças especiais (Scarlett Johansson) que comanda uma força-tarefa de elite chamada Seção 9 para a Hanka Robotics, dedicada a parar os criminosos e extremistas mais perigosos.

O grupo de terrorista tem como líder “O Homem que Ri” (Michael Pitt), um poderoso hacker meio humano e meio máquina, cujo único objetivo é acabar com os avanços da tecnologia cibernética da Hanka. Beat Takeshi Kitano (Battle Royale), Pilou Asbæk (Lucy), Sam Riley (Malévola) e Rila Fukushima (Arrow) completam o elenco.

A direção está a cargo de Rupert Sanders (Branca de Neve e o Caçador). A Vigilante do Amanhã: Ghost in the Shell chegou aos cinemas brasileiros em 30 de março.

“Nunca quis me passar por uma pessoa de outra raça”, diz Scarlett Johansson sobre polêmica escalação

Leia também a crítica do filme aqui.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio