Círculo de Fogo 2 | Charlie Hunnam explica motivo de não fazer parte da continuação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Círculo de Fogo 2 não contará os principais nomes do elenco do primeiro filme. E também não terá o diretor Guillermo Del Toro, que agora está apenas como produtor. Mas em entrevista ao Den of Geek, o ator Charlie Hunnam explicou os motivos para não fazer parte do segundo longa.

“Havia um enorme conflito de programação”, iniciou, lamentando já ter outras prioridades no momento que foi procurado para fazer Círculo de Fogo 2. “Eu já estava realmente, realmente investido em fazer Papillion”.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A explicação também coincide para a que Del Toro deu recentemente. O cronograma do filme ficou muito problemático após a venda da Legendary (produtora do filme) para a Wanda, da China.

“Eu acho que sua programação posteriormente mudou, e eu poderia ter sido capaz de fazer as duas coisas, mas naquela época, eles estavam escrevendo o roteiro e eles precisavam saber, eu estava em ou eu estava fora?”, encerrou.

A trama se passará anos depois do longa original, situada em um mundo livre dos monstros japoneses. Não foram divulgados mais detalhes sobre a trama, que ainda pretende explorar o mundo dos kaijus.

Rinko Kikuchi, Charlie Day e Karl Urban vão reprisar seus personagens. John Boyega, que interpretará o filho do personagem de Idris Elba no original, é o novo protagonista e terá a companhia de Scott Eastwood, Cailee Spaeny, Jing Tian e Levi Meaden no elenco de novatos.

Pacific Rim: Uprising foi escrito por Derek Connolly (Jurassic World, Star Wars: Episódio 9). A direção está a cargo de Steven S. DeKnight (Demolidor).

Círculo de Fogo 2 tem lançamento marcado para 23 de fevereiro de 2018.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio