Guardiões da Galáxia Vol. 2 | Diretor do filme diz que explorará homossexualidade em herói

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Disney parece estar se esforçando para melhorar sua representatividade em relação a personagens LGBT nas telonas durante esse ano, como já foi visto em um dado momento em A Bela e a Fera.

Na estreia no tapete vermelho de Guardiões da Galáxia Vol. 2, o diretor do filme, James Gunn, foi questionado se haveria a possibilidade de um herói gay e o mesmo declarou ao Press Association que talvez ficássemos surpresos com o longa nesse sentido.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Pode ser que já tenhamos feito isso”, disse Gunn. “Assistam ao filme primeiro e depois me digam o que vocês acharam”, completou.

Pouco provável que explorem essa nuance em Drax ou em Peter Quill, é mais provável que uma das estrelas femininas revele atração por alguém do mesmo sexo.

Guardiões da Galáxia Vol. 2 estreia em 27 de abril, e continua as aventuras da equipe conforme eles atravessam os confins do cosmos. Os Guardiões devem lutar para manter sua recém-formada família unida, enquanto desvendam os mistérios da verdadeira paternidade de Peter Quill. Os dois primeiros filmes foram escritos e dirigidos por Gunn.

Chris Pratt (Peter Quill/Senhor das Estrelas), Zoe Saldana (Gamora), Dave Bautista (Drax), Bradley Cooper (Rocket), Vin Diesel (Groot), Michael Rooker (Yondu) e Karen Gillan (Nebula) retornam ao elenco. Guardiões da Galáxia 2 introduzirá ainda Pom Klementieff (remake de Oldboy) como a super-heroína Mantis, Kurt Russell (Velozes e Furiosos 7) como o pai de Peter Quill, e possivelmente Sylvester Stallone, em papel desconhecido.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio